6 SHOPPING HABITS QUE DEVES REPENSAR


Notice: Undefined variable: pg_title in /home/thefashi/public_html/wp-content/themes/fashion_school_2.1/single.php on line 3

Artigos sobre moda

6 SHOPPING HABITS QUE DEVES REPENSAR

6 SHOPPING HABITS QUE DEVES REPENSAR

Shopping1

Todas temos algumas bad, bad, bad, bad, bad shopping habits que nos desequilibram o orçamento e que está na altura de repensar. São pequenos pormenores que deves desmitificar a pensar numa visão sobre a moda mais liberta de pré conceitos que nos conduzem a uma insatisfação constante. É o timming certo para mudares esse chip. Espreita as dicas que se seguem e repensa a tua forma de comprar. Enjoy!

 

 

Shopping2

Inspirar conduz-nos, por vezes, a uma sensação de querer ter tudo quanto vemos, pois só assim pensamos estar a caminhar no sentido da atualização. Relaxa. Lembra-te que as ir girls são, na sua maioria, patrocinadas por marcas de roupas e, por vezes, só vestem aquela roupa durante a meia hora da sessão fotográfica. Procura, antes, reproduzir looks com as peças que já tens e que mais se adequam ao teu tipo de corpo. Ter ou não ser, não é uma questão que se coloque nos dias de hoje.

 

 

Shopping3

Esta questão, assume uma importância que deixa muitas mulheres baralhadas. Incorporam algumas tendências sem que estas se adequem ao seu dia-a-dia. A adequação ao contexto, é uma questão que confunde. Procura vestir-te segundo o protocolo ou as exigências de um evento ou local e não segundo a última tendência. É a melhor opção.

 

 

Shopping4

As redes sociais promoveram, em muitas personalidades, estímulos ferverosos de evidenciarem todas as suas novas aquisições numa espécie de competição entre pares ligado à busca de um estatuto social. Faz sentido, quando estás ligado à moda, à blogosfera e é sempre o teu intuito inspirar/ajudar outras mulheres. Caso contrário, é desadequado e não faz grande sentido.

 

 

Shopping5

Ao contrário dos homens (maioria) que apostam num guarda roupa mais intemporal e estável, nós sentimos um gosto especial em vestir o maior número de peças possível da estação atual. Há uma ligação emocional com peças novas que já dissequei associando este ato à nossa auto estima. Procura encontrar conforto em peças intemporais e concentra energias na rua reinvenção e readaptação. É mais difícil mas muito mais vantajoso para exercício da nossa criatividade.

 

 

Shopping6

Eis outro mau hábito que acedemos em demasia e somos reincidentes over and over again. Na forma de email, sms, facebook ou qualquer outra, a tentação parece sempre desculpável: “Comprei com 50% de desconto.” Mas era mesmo necessária a compra? Talvez não.

 

 

Shopping7

Todas temos peças que compramos em outlet, em saldo ou preços especiais de estação a preços e que são só passíveis de serem analisadas ao microscópio, mas que chegam a nossa casa e não servem ou não gostamos. Então, guardamo-las com a intenção de as devolver, mas como o preço foi irrisório vão caindo no esquecimento. Há que tentar ser mais organizada. talvez a solução passe por experimentar as peças, não trazer em caso de dúvida ou colocar imediatamente no carro para não esquecer de devolver. Método é tudo (quase tudo).

 

assinatura2-e1427156974237