12 GRANDES INCÓMODOS NUMA ÍDA ÀS COMPRAS


Notice: Undefined variable: pg_title in /home/thefashi/public_html/wp-content/themes/fashion_school_2.1/single.php on line 3

Artigos sobre moda

12 GRANDES INCÓMODOS NUMA ÍDA ÀS COMPRAS

12 GRANDES INCÓMODOS NUMA ÍDA ÀS COMPRAS

 12incomodos1

Quando vamos às compras deparámo-nos com pequenas situações que poderão tornar um momento de prazer em pequenos momentos de irritação constante. São pequenos ou grandes pormenores que acumulados tornam a vivência algo tortuosa e, no caso de algumas mulheres, uma experiência que não gostam de praticar. Comprar passa a ser sinínimo de uma situação de stress que preferem evitar. Como resultado, perdem o gosto pela imagem pessoal e, consequentemente, a auto estima falece.

 

12incomodos2 12incomodos3

 

 

 

12incomodos4

Não tão frequente como nos tempos em que só o comércio tradicional imperava ainda acontece, em algumas lojas, depararmo-nos com uma assistente muito pro-activa, muito solicita e muito próxima. Se para muitas mulheres esta situação é um apoio imprescindível para outras uma presença non grata. Uma dos maiores estrangulamentos nas competências das colaboradoras passa por saber analisar a personalidade da cliente e ler os sinais. Regra geral, o indício de que somos mais independentes neste processo é interpretar à letra a nossa afirmação: “Se precisar de ajuda peço, sim?”.

A dica para ajudar a marcar esta nossa posição, em caso de insistência, é ir repetindo: “Não se preocupe que, se for o caso, chamo-a. Combinado?” Acoplado a estas reiterações deve sempre, mas sempre, existir um sorriso rasgado.

 

 

12incomodos5

Esta situação pode parecer paradoxal à anterior. Mas tratam-se de duas situações limite e antagónicas, atenção. A inexistência total de uma colaboradora disponível é um pesadelo. Pode, inclusive, traduzir-se numa não venda. Quantas de nós já desistimos de uma compra por não termos ajuda. 

O truque está em pedirmos à assistente da caixa para chamar alguém, evitando circularmos pela loja. Alguém há-de vir ter connosco. 

 

 

 

 

12incomodos6

Muitas multinacionais, apesar de usufruírem de áreas espaçosas, em determinados dias e horas, tornam-se de circulação caótica. A irritação aumenta que o nosso cérebro não se predispõe à compra mas sim a gastar energia em desviar o nosso corpo dos demais presentes.

A solução só é uma: optar por momentos mortos. Estudos indicam que terça feira à noite os espaços comerciais estão com níveis de visitantes mais baixos. 

 

 

 

 

12incomodos7

Esta situação pode-nos conduzir a um desgaste emocional muito grande, uma vez que o impacto provocado por novas peças baralha-nos e não sabemos o que experimentar e/ou preterir.

Pondere a hipótese de visitar os sites e Facebook das lojas onde compra umas 2 ou 3 vezes antes do dia de ir às compras. Em alguns casos, vai perder o entusiasmo por algumas peças.

 

 

 

 

12incomodos8

Uma loja desorganizada é uma das piores situações que uma mulher que ainda não encontrou o seu estilo, não conhece bem o seu corpo ou não sabe o que quer, pode encontrar. Para além disso, como não visualiza todas as peças, as que poderiam interessar podem passar à margem da pesquisa.

O ideal é ir em momentos mais mortos.

 

 

 

 

12incomodos9

Se é uma situação pontual, podemos sempre pedir para conferir se existe numa outra loja e reservar ou pedir para guardar. Se é uma situação muito frequente, não é caso para alarme. Muitas mulheres sentem-se frustradas porque nunca encontram um tamanho cuja vestibilidade se adapte, à primeira, ao seu tipo de corpo.

Já pensaram que os tamanhos variam do XS ao XL. Como é que milhões de mulheres hão-de caber todas nestes formatos estereotipados.?Será que o problema é delas. Óbvio que não! O problema está nesta standartização. A hipótese de ter de alterar as peças quase sempre as peças, com a ajuda de uma costureira, deve ser encarada com normalidade. Acham que a Kim Kardashian não tem problemas com tamanhos? Claro que sim, and you know what i mean.

 

 

 

 

12incomodos10

Corremos para a loja assim que somos notificadas da chegada da nossa encomenda. Assim que a vemos ou tocamos percebemos que não há correspondência à nossa imagem mental e virtual. O Photoshop pregou-nos, de novo, uma partida.

Dica: Recuperar o valor ao balcão e não desistir. A procura deve continuar noutros sites.

 

 

 

 

12incomodos11

Encomendas urgentes não devem ser deixadas para os últimos dias antes do evento, sob pena de ficarmos sem outfit. A encomenda deve ser feita com antecedência para precaver esta situação desagradável. Se estiver larga ainda pode ser passível de arranjo. Caso contrário, devolver. Em caso de possibilidade, encomendar dois números online e na loja devolver um.

 

 

 

12incomodos12

A única solução será mesmo encontrar uma costureira expresso. Nos shoppings fazem esse tipo de serviço flash, mas acrescido de mais 5€.

 

 

 

12incomodos13

Espelhos e luzes muito brancas e frias são o nosso pesadelo. No entanto, são os melhores aliados para a assimilação e construção de uma imagem mais real do nosso corpo. Estar preparada para a realidade é o único passo a tentar resolver, neste caso.

 

 

 

 

12incomodos14

Musica muito alta e barulhenta pode interferir com a minimização de tempo de permanência do cliente na loja. Inconscientemente, ou não, perturba-nos, irrita-nos e procuramos sair dali rapidamente para recuperar a nossa tranquilidade.

Se for uma loja que realmente gosta de investir algum tempo, peça a um colaborador -sem qualquer vergonha – para baixar os som. Este feedback é positivo para saberem como atuar. Se ninguém fizer reparos, este procedimento pode-se tornar constante. Pedido com um sorriso e boa disposição vai ser ouvido e aceite de bom grado.

 

 

 

 

12incomodos15

Esta longa metragem, esfaqueia todo o entusiasmo que as peças nos possam ter oferecido no provador por se adaptarem tão bem ao nosso tipo de corpo. Evite dias de maior afluência ou peça, de forma simpática, a um colaborador reforços.

 

 

assinatura2-e1427156974237