A INTELIGÊNCIA VESTIMENTAR NOS CASAMENTOS: SOU A MÃE DO(A) NOIVO(A)


Notice: Undefined variable: pg_title in /home/thefashi/public_html/wp-content/themes/fashion_school_2.1/single.php on line 3

Artigos sobre moda

A INTELIGÊNCIA VESTIMENTAR NOS CASAMENTOS: SOU A MÃE DO(A) NOIVO(A)

A INTELIGÊNCIA VESTIMENTAR NOS CASAMENTOS: SOU A MÃE DO(A) NOIVO(A)

Casamento6_mãe_noivo(a)

Nos últimos dias temos partilhado dicas àcerca de etiqueta e protocolo em casamentos. Hoje dedicamos algumas linhas à mãe do noivo(a). Segundo as regras, a mãe deve, por questões de cortesia, entrar em contacto com a mãe da noiva, para indagar quais as suas preferências. Deve ser flexível para permitir coopetitividade e promover um ambiente propício à discussão conjunta sobre cor, corte, acessórios, etc… Esta comunicação, justifica-se pelo fato de a mãe do noivo não se dever destacar, relativamente, à mãe da noiva. Exemplo: Não é de bom tom a mãe do noivo levar um vestido comprido, se a mãe da noiva não usar. Ou, mesmo, a mãe do noivo levar um chapéu e a mãe da noiva não. Ou, ainda, levar umas abas maiores.

Depois de um entendimento, ambas devem ter em conta o seu tipo de corpo e a sua coloração pessoal. As peças devem valorizar o que cada uma tem de mais favorecedor, camuflar zonas do corpo com mais volume como, por exemplo, volume abdominal ou braços mais volumosos. Uma opção certeira, é sempre optar por usar vestidos cintados e tubulares, com um discreto decote em “V” ou em “U” e a terminar 1 ou 2 cm antes do joelho. (para adelgaçar ou parecer mais alta).

Somente, em casos muito excepcionais devem levar um tailleur: casaco e calça larga.

Uma outra boa aposta, deve ser feita na qualidade dos tecidos. Estes, devem ser nobres e com aplicações distintas como rendas, brocados, um ou outro apontamento de brilho ou pedraria – pouco, muito pouco, pois trata-se de uma cerimónia discreta, sobretudo se for diurna.

NOIVO

 

TERMINACAO_POSTmar